Sobre:

Sou professor de Ciências Sócio Históricas - Geografia - na EMEF Wenceslau Fontoura da SMED e Assessor da Área Técnica de Saúde Mental da SMS, ambos na PMPA.

Na área da saúde desde 1989, na Secretaria Municipal da Saúde desde 1998 e como professor do EJA desde de 2011, tenho especial interesse na articulação dos temas da coesão social, comunidade família, saúde mental e educação.

Com experiência em UTI neonatal, tenho alunos que foram meus pacientes quando nasceram prematuros no GHC. Na saúde mental trabalhei com reinserção social e reabilitação psicossocial em serviços substitutivos na rede de atenção à saúde mental.

Minha graduação é em Ciências Sociais pela UFRGS. Tenho pós graduação, também pela UFRGS, em Humanização da Gestão e da Atenção no SUS, além de experiência em Assessoria Institucional na área sindical.

Interesses:

Literatura

Teoria do Conhecimento

Filosofia

Exobiologia

Tanatologia

Ciência Política

Sociologia

Antropologia

Cinema: drama, documentário, comédia, ação, fantasia...

 

Formação:

Graduado em Ciências Sociais - UFRGS (2006);

Pós graduado em Humanização da Gestão e da atenção do SUS (2009)

O abismo pandêmico

Há cem anos uma variante nova do vírus influenza causou uma pandemia que matou dezenas de milhões de pessoas no mundo todo. Não podíamos contar com os antibióticos, antiinflamatórios, nem vacinas. Foi devastador, mas epidemias e pandemias ameaçam a civilização e a espécie humana por centenas de milhares de anos. Quando as viroses comuns na […]

Tempestade perfeita: a desintegração do Brasil

Quando uma série de gestos contraditórios são racionalmente defensáveis não se configuram várias soluções diferentes, como pode parecer ingenuamente num primeiro momento. Nestes casos, o mais comum é termos um cenário trágico. Aliás, a colisão entre o certo e o certo define perfeitamente o que designamos pelo termo tragédia. O risco das múltiplas tempestades, culturais, […]

A ciência diante do negacionismo

Em 2020 nos deparamos com os limites da ciência ao lidar com eventos novos. O salto do Coronavírus para a espécie humana era previsto de modo insistente pelos virologistas há muito tempo. No entanto, os outros ramos da ciência não puderam convencer os governantes a se prepararem adequadamente para lidar com uma já esperada pandemia. […]

Porque é genocídio

O percentual das pessoas que são letalmente vulneráveis a Covid-19 pode chegar a 1% de uma dada população. No Brasil, isso significa 2,09 milhões de pessoas. Esse é o contingente de seres humanos ameaçados pelo negacionismo somente no Brasil. O problema é tão grave, ou ainda pior, em outros países, como os EUA, dependendo de […]

A crença e o mito como fronteiras entre o conhecimento e o incognoscível

Além de ser improvável que um homem específico, chamado Jesus, tenha existido, não há nada que comprove o caráter sagrado da existência da divindade bíblica associada a este homem. De fato, tudo que é substantivo na teologia, e consequentemente não evidente, compreende os aspectos míticos, sagrados e divinos da existência de Jesus de Nazaré. Na […]

O fato e a crença

Todos vivemos de acordo com crenças mais ou menos compartilhadas. Existem os fatos que a ciência observa através da constante investigação de teorias. Nunca na ciência, portanto, há uma verdade definitiva. A totalidade dos fatos está além de nossa capacidade de percepção. Estudá-los é o que nos faz desenvolver hipóteses e tecnologias. Com nossas indagações, […]

O tempo sutil e eterno do acontecimento

A fração de um trilionésimo de segundo, após o início da grande expansão do universo, marca o início da formação das partículas elementares. Instantes depois iria ocorrer a coesão entre prótons e nêutrons para estabilizar as órbitas dos elétrons e formar os primeiros átomos. No universo cada instante importa. Embora estejamos atados à noção de […]

O tempo, a incerteza e o curso biológico da existência

Num mundo cada vez mais doente, meu ofício é cuidar de pessoas adoecidas. Para que suas vidas não percam o sentido, busco aliviar suas dores, desesperos, feridas e por fim, do corpo sem vida. Esse ano está sendo devastador para todas as mínimas expectativas de fronteiras. Com a saúde e a doença não é diferente. […]

Para reinventar o sentido da existência

O mundo do trabalho no qual nascemos está morrendo. Não há mais diferença entre viver e gerar renda. A hora trabalho, é cada vez menos importante na formação do valor. Mover a economia e ajudar os ricos a ficarem mais ricos ou dividir a riqueza são escolhas entre dois modos vida incompatíveis. De um lado […]

A humanidade que está além do homem

Trens e trilhos, aviões e aeroportos, portos e transatlânticos, cidades e bombas nucleares são conhecimento objetivado. A internet, redes sociais e algoritmos, aplicados a uma base de processamento e armazenamento de dados, são o conhecimento tornado sujeito. No entanto, os modos de produção desde a antiguidade até o feudalismo e finalmente o capitalismo industrial e, […]