Sobre:

Sou professor de Ciências Sócio Históricas - Geografia - na EMEF Wenceslau Fontoura da SMED e Assessor da Área Técnica de Saúde Mental da SMS, ambos na PMPA.

Na área da saúde desde 1989, na Secretaria Municipal da Saúde desde 1998 e como professor do EJA desde de 2011, tenho especial interesse na articulação dos temas da coesão social, comunidade família, saúde mental e educação.

Com experiência em UTI neonatal, tenho alunos que foram meus pacientes quando nasceram prematuros no GHC. Na saúde mental trabalhei com reinserção social e reabilitação psicossocial em serviços substitutivos na rede de atenção à saúde mental.

Minha graduação é em Ciências Sociais pela UFRGS. Tenho pós graduação, também pela UFRGS, em Humanização da Gestão e da Atenção no SUS, além de experiência em Assessoria Institucional na área sindical.

Interesses:

Literatura

Teoria do Conhecimento

Filosofia

Exobiologia

Tanatologia

Ciência Política

Sociologia

Antropologia

Cinema: drama, documentário, comédia, ação, fantasia...

 

Formação:

Graduado em Ciências Sociais - UFRGS (2006);

Pós graduado em Humanização da Gestão e da atenção do SUS (2009)

Legado e Tradição

Um experimento comportamental realizado com primatas ajuda a entender como modos de pensar e de viver surgem para resolver problemas complexos e permanecem após terem se tornado inúteis. A espécie humana é muito adaptada a criar soluções novas para novos problemas. No entanto, também pode se tornar prisioneira das crenças intersubjetivas que se tornam instituições […]

Neoliberalismo e educação

Não se trata do que é certo. Nossas funcionalidades institucionais, nossos lugares nas engrenagens do sistema, se originam e funcionam segundo articulações de interesses. Isso se estende sobre todo o mundo do trabalho. Não será diferente em relação aos profissionais da educação. Essa é a lição da história. Não há finalidade ou ordem, segundo os […]

O fluxo da vida como forma de trabalho incessante

A reprodução e acumulação do capital no biocapitalismo Somente o assalariado recebe e gasta o dinheiro. Ele sustenta o sistema de produção – quando paga o preço da mercadoria, a rentabilidade do sistema financeiro – no pagamento de juros e, através dos impostos, remunera as aplicações improdutivas feitas nos títulos do tesouro do Estado. O […]

Subjetividade Maquínica e Consciência

Embora tenhamos a experiência de estar conscientes, não sabemos o que é a consciência. Sabemos menos ainda sobre o fundamento da autoconsciência. No entanto, explicamos os sentimentos, a subjetividade e a intersubjetividade através da noção que temos da consciência. Ou seja, um acontecimento misterioso para nós, é usado recursivamente para explicar tudo o mais que […]

Maternar a memória e tocar a eternidade

Estamos a caminho. Um estranho devir humano se insinua pelas frestas entre os acontecimentos que estamos vivendo. Podemos pensar que somos uma ponte para a humanidade. Talvez sejamos proto-humanos ainda. Outra forma de ver e pensar, considera que somos a humanidade mesmo e que o que seremos pede a designação de pós-humanidade. O fato é […]

A pré-humanidade: Progenitoras – Humanidade: Mães

Quando eu nasci, meu pai tinha esperanças. Quando eu cresci e tinha cinco anos, ele estava apreensivo. Quando eu me tornei adolescente ele começou a temer pelo pior. Quando eu comecei a trabalhar, antes de terminar o ensino médio, ele ficou aliviado. Pensou que eu seria sempre pobre, mas nunca seria ladrão ou desocupado. Quando […]

Estar com o outro até o limite da existência

Já passaram mais de 10 anos. Um paciente entrou em surto. Estávamos no terraço de um prédio. Era um evento do movimento da reforma psiquiátrica. Cheguei quando o paciente estava tentando se jogar. Vi um rapaz agarrado nele. Um jovem psicólogo, alto e magro, meu amigo e colega do Serviço Residencial Terapêutico onde trabalho até […]

A vida dá mais do que tira

Faz tempo que eu percebi que a noção de felicidade pressupõe um profundo individualismo. A expectativa de ser feliz implica na ilusão de não sentir nenhuma infelicidade, apesar do sofrimento dos outros. A questão é, com qual infelicidade alheia, você poderia, mesmo assim, se sentir livre de qualquer amargura? Só você; você e alguns de […]

Espinosa – notas e reflexões: uma volta à afirmação da vida.

Antes de tudo, o pensamento é involuntário. Ele é uma forma que o corpo humano encontra para “ser” humano. O conteúdo dessa humanidade potencial depende da forma de pensar. E o pensamento se dá por associação de imagens, de modo a formar uma concepção de mundo que é singular e sempre em expansão, na medida […]

A tristeza de insistir num modo de vida rebaixado

O que está errado com a humanidade? Sou apaixonado pelos meus trabalhos. Há 30 anos sou Técnico em Enfermagem, uma profissão que até meus 19 anos jamais imaginei que iria fazer parte da aventura de minha vida. Já faz 15 anos que sou Professor, esse é um sonho da infância que tenho tido a grata […]