Projeto Ubuntu-RHS

9 votos

As redes sociais vêm sendo ocupadas recentemente por relatos de toda ordem com a experiência do encontro com a Covid-19. Doença enigmática por seus efeitos singulares e reveladora do espírito do tempo que vivemos.

O enigma a que estamos submetidos abarca todo o modo de vida contemporâneo  e pode ser uma oportunidade para transformações subjetivas e objetivas. E por apostar na produção de novas relações, a RHS, ágora aberta ao espaço público e antenada com o seu tempo, vem propor  um projeto que busca construir um lugar de acolhimento das vivências de trabalhadores, gestores e usuários do SUS durante a pandemia.

Nossa prática de construção conjunta de humanização da saúde por intermédio de uma rede nos leva a considerar o valor terapêutico de relatos compartilhados. E mais, é preciso recolher num repositório o rico material desta dura experiência humana, dar um destino a esta memória preciosa. E nesse sentido, nada mais significativo que as narrativas próprias de cada um.

Por que Ubuntu?

A língua africana Zulu criou esta expressão para nomear uma subjetivação que define o caráter coletivo e solidário deste povo. Trata-se de uma ética do vínculo e numa tradução livre seria: “sou o que sou porque somos” ou “humanidade para com os outros”.

Este é o sentido que queremos dar ao espaço na Rede Humanizasus. Apoio Mútuo,  lugar de potência e acolhimento do desabafo, preservação da história e da memória.

Vem com a gente fazer parte do UBUNTU- RHS!