Sobre:

Graduado em Saúde Coletiva pela Universidade de Brasília-UnB (2019), atualmente vinculado como pesquisador bolsista no LEMTES/FIOCRUZ, trabalhando com processos de planejamento e execução de recursos visuais e textuais de comunicação. Experiência em projetos de iniciação científica e de extensão nas áreas da epidemiologia, gestão de projetos, comunicação, analise de dados, migração e direitos humanos, incluindo uma visita técnica à Université PaulValéry, Montpellier 3, França, realizada em 2018. Com experiências profissionais nas áreas da comunicação, epidemiologia, revisões sistemáticas, tabulação e análise de dados, e atividades administrativas e de gestão, como a gestão organizacional e de projetos.

Interesses:

SUS

Formação:

Saúde Coletiva

Clínica Avançada – Um Desafio para o SUS

A  clínica ao longo do tempo vem se mutando. Inicialmente era pensada na tríade agente patológico, hospedeiro e meio ambiente que levava em conta o velho e persistente modelo saúde-doença. O  que predomina na clínica é o  modelo que acabou por automatizar a relação profissionais da saúde-paciente, uma vez que, os profissionais fazem muito das […]

Recém-chegado!!!

Eu sou o José, curso o quinto semestre de Saúde Coletiva na UnB. O SUS é um dos melhores sistemas do mundo. É essencial o apoio da população em geral para torna-lo cada vez mais como foi planejado na constituição. A RHS aproxima a saúde da população, assim, entendendo a popularidade de redes sociais no […]

Precisamos falar sobre Gestão – Brasil desperdiçou 20% dos medicamentos em 2010

O Brasil é um país que tem como premissa constitucional a garantia de saúde sendo um dever do Estado. Medicamentos também significam saúde e portanto o País distribui medicamentos a todos os brasileiros, mesmo os de alto custo, de acordo com Protocolos do Ministério da Saúde. O problema é que o país desperdiça cerca de […]

O SUS MELHOR DE CADA DIA

O SUS melhor de cada dia Uma das premissas do SUS é a Descentralização, que significa dividir a gestão entre os três poderes, união, estado e município, aumentando o poder de aplicar políticas mais específicas a cada necessidade. O SUS foi pensando em uma forma de que cada população específica seja atendida nas suas singularidades. […]

O SUS que da certo – Rede de Atenção em Santo Antônio do Monte-MG

Você conhece a Portaria nº 4.279 de 30 de dezembro de 2010? A Portaria nº 4.279/2010 é a que estabelece as diretrizes para a criação das Redes de Atenção à Saúde (RAS), foi um acordo da Tripartite envolvendo o Conass, Conasems e Ministério da Saúde. Sobre as Redes a definição dada pelo SUS é que […]

GESTÃO PARTICIPATIVA E COGESTÃO – MELHORANDO A SAÚDE DA POPULAÇÃO

A participação Social O SUS foi pensado para que a população tivesse voz nos serviços de saúde, afinal, quem conhece mais a demanda de saúde da população do que a própria população? Essa participação pode ser dar principalmente pelos Conselhos de Saúde que deliberam estratégias e metas em saúde, alem do controle sobre os gastos, […]

PROJETO SAMUZINHO – INICIATIVA DE CONSCIENTIZAÇÃO

          SAMUZINHO Samuzinho é um projeto do Distrito Federal que busca divulgação e consicentização das crianças em idade escolar do Ensino Fundamental, em escolas públicas e privadas em relação ao Programa SAMU-DF 192.       Os objetivos do projeto são: -Conscientizar a importância da atuação correta em situação de risco. -Refletir sobre […]

Atenção Especializada – Como as Redes de Atenção podem potencializa-la

Gostaria de provocar uma reflexão nas pessoas. Que tal pensarmos em como as Redes de Atenção à Saúde, podem ampliar o acesso à atenção especializada, aperfeiçoar recursos e garantir distribuição dos serviços de saúde. Antes definimos a Atenção Especializada, que dar-se principalmente pela média e alta complexidade dos serviços de saúde no SUS como procedimentos […]

Ceará e Paraná trocaram experiências sobre as Redes de Atenção à Saúde

  Foi públicado no Site do Governo do Ceará, uma matéria sobre como as troca de informações sobre as Redes de Atenção à Saúde são ricas no fortalecimento das Redes Cegonha e de Urgência e Emergência.   “Ceará e Paraná trocaram experiências na implantação das redes de atenção materno-infantil e às urgências e emergências no […]