EM DEFESA DA DEMOCRACIA E DA LIBERDADE DE LULA : CARTA PARA LULA

8votos

Belo Horizonte, 17 de abril de 2018

Querido Lula,

Desde que saiu do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista para “cumprir mandado judicial” e o levaram para a prisão política na PF Curitiba, penso em você todos os dias, naquele lugar horrível, sozinho, correndo risco de vida e maus tratos, alimentando-se não sabemos como, sem poder falar e escutar o povo, a sua família, pessoas que lhe amam tanto e lhe são eternamente gratas por tudo que fez pelo nosso país, pelas suas ideias e sonhos, pela sua luta que é nossa também… Somos Lula, lutamos hoje intensamente e com muita bravura pela Liberdade de Lula, gritamos e espalhamos nosso desejo pelo Brasil afora e por todo mundo: LULA LIVRE!

Sabemos o que é viver uma Ditadura que prende injustamente pessoas que lutam por Democracia e Justiça Social. Na época da Ditadura Militar, quando militantes estudantis dos anos 1970/1980, sofremos perseguições e também fomos presas / presos; faço parte daquele grupo que, em 1977, lutava pela reconstrução da UNE, reunidos no DA Medicina da UFMG, fomos cercados pela polícia militar e levados para um galpão horrível no bairro Gameleira de BH e, depois, algumas / alguns para o DOPS, tudo porque sonhávamos com a Democracia, com o fim da Ditadura e lutávamos pela Liberdade de nos organizarmos e nos manifestarmos, reconstruirmos a UNE e os Diretórios Acadêmicos livres e autônomos. Fomos Vitoriosos, conseguimos derrubar a Ditadura!! Com alegria, celebramos as lutas operárias, das quais Você, Presidente Lula, era o grande líder e já nos ensinava e nos contagiava com sua energia e sua força para a luta; depois veio o PT, a CUT, e, em 1988, a Constituição Federal, que chamamos Constituição Cidadã, sabíamos, apesar das ambiguidades do texto final,  que com ela conquistávamos a Cidadania, a Democracia, o Fim da Ditadura Militar (era assim que caracterizávamos, hoje analistas nos dizem que era uma ditadura civil-militar )… E em 1989, fomos às ruas pela Eleição de um operário que queríamos transformar em nosso Presidente da República!! Não ganhamos as eleições desta vez, mas a maior Vitória foi a conquista das ruas e dos movimentos e encontros amplos em que manifestávamos o sonho de construir um outro Brasil com Lula!! E você foi persistente, e fomos persistentes, continuamos a luta… lembrando Mujica, já sentíamos / sabíamos naquela época, que “luta que se perde é luta que se abandona”… e depois mais uma e mais uma disputa eleitoral, mais duas vezes não chegamos lá, e continuamos a gritar e desejar: LULALÁ!!! E foi em 2002 que Lula chegou Lá!! Celebramos com muita alegria esta grande Vitória, fomos à Brasília para a posse de nosso tão amado Presidente Luiz Inácio Lula da Silva!

E hoje cá estamos, você aí, preso, no cárcere, isolado, sem poder comunicar-se com todas / todos nós, que lutamos juntos pela Democracia e Justiça Social em nosso país, no mundo inteiro… Estamos daqui de fora, em cada canto desse país, e em vários cantos do mundo, lutando pela sua Liberdade, a nossa luta hoje é LULA LIVRE!! FREE LULA! JE SOIS LULA! Em todas as línguas, o grito se espalha com força: LULA LIVRE!! Não deixaremos que você fique aí nessa prisão sozinho, estamos junt@s, seja aí do lado de fora da PF, em Curitiba, seja aqui em BH, no interior de Minas, como em Ouro Preto, Juiz de Fora, Montes Claros e tantas outras cidades mineiras, em todos os estados brasileiros, em todos os cantos desse país imenso, que você tão bem conhece e tanto fez pela sua transformação, pela transformação da vida das pessoas que ficavam de fora das possibilidades de uma vida digna e portadora de direitos sociais, econômicos, políticos, culturais…é muito bonito, Presidente Lula, tudo que vivemos durante os 8 anos de seu governo, e depois com seu apoio, a eleição de uma mulher para Presidenta da Republica, a nossa querida Dilma. Como profissional da saúde e da educação (sou psicóloga / professora universitária, trabalhei 10 anos no Ministério da Saúde – 2006 / 2016 – seu governo e depois de Dilma – contribuindo, como consultora da Política de Humanização para construção e fortalecimento de nosso SUS), sentimos na pele as conquistas nessas áreas durante seu governo – e a juventude lotou as Universidades e Institutos Federais, além das possibilidades de bolsa de estudos para o ensino privado e os estudos fora do país. Na saúde, foi uma época que conseguimos avançar com o SUS, muitas políticas e ampliação da participação social, sabemos das limitações ainda quanto aos recursos financeiros, mas é da sua época de governo, que o Samu foi criado, as Políticas de Humanização e Educação Permanente, os cuidados com a AIDS, o avanço da Política de Saúde Mental, da Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, da Saúde da Mulher e da Criança, da Estratégia de Saúde da Família e da Atenção Primária em Saúde, o enfrentamento às violências na saúde, dentre tantas outras conquistas que fizeram avançar o nosso SUS, hoje tão ameaçado pelas políticas golpistas neoliberais.

É isto, amado Presidente Lula, sua força nos contagia e nos faz mais fortes para continuar a luta, há momentos de tristeza sim, como sabemos também você deve ter os seus aí nesse lugar horrível, mas vamos junt@s, buscando transformar a tristeza em luta pela sua Liberdade, queremos você de volta, e lutaremos até a Vitória!!

E Viva a Liberdade! Em breve conquistaremos a sua Liberdade! E você poderá estar conosco e sua linda família, e continuaremos a luta para mudar esse nosso país l! Fora golpistas!! Lula Presidente 2018!!

LULA INOCENTE!! LULA LIVRE!!

Um forte abraço e muitos beijos no coração!

Sempre companheira de lutas,

Ana Rita Lula Trajano (é assim que me chamo agora!)

Lula nos braços do povo no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista, antes de “cumprir mandado judicial”. 07/04/2018