Projeto acadêmico oferece vivência na área de socorrista, em Presidente Prudente

11 votos

Enquanto acadêmico de medicina pude vivenciar na prática a rotina de socorrista pelo Same (Serviço de Atendimento Móvel de Emergência) -192, no município de Presidente Prudente (SP). A atividade está inserida no projeto Alfa, por meio da liga de Urgência e Emergência da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste).

O projeto de extensão da universidade contou com um curso preparatório aos alunos inseridos no projeto, no qual foram abordados assuntos relacionados ao Atendimento Pré-Hospitalar.

Durante quatro dias de capacitação, que ocorreu no início do mês de junho, pude conhecer na teoria e na prática a dinâmica do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência, além do Corpo de Bombeiros e Grau (Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências).

Após as aulas relacionadas ao preparo do socorrista, pude, então, estagiar no Same, onde tive contato direto com a rotina de atendimentos do local – acompanhando tanto a unidade de suporte básico quanto a de suporte avançado.

O setor de urgência e emergência é, em meu ponto de vista, um dos pilares mais importantes para a saúde pública, uma vez que seu bom desempenho reflete em consequências positivas para todos os demais setores de atendimento. Dessa forma, as experiências adquiridas por meio do projeto Alfa repercutem de maneira muito importante e valiosa em minha construção acadêmica.

Foi um momento muito importante de aproximação aos preceitos básicos do SUS (Sistema Único de Saúde), sobretudo no que diz respeito ao fomento do acesso, universalidade e, em especial, a resolutividade.