Tag » RAPS

O trabalho em Serviço Residencial Terapêutico (SRT) e a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS)

O trabalho em SRT implica numa fusão, na integração entre as fronteiras artificiais, socialmente construídas, do institucional e do afetivo. Quando estamos em uma relação de vínculo afetivo com as pessoas que cuidamos, nós ficamos sondando as probabilidades do futuro imediato para evitar desenlaces dolorosos. É assim que eu vivo o imenso amor que sinto […]

Dialogando sobre a prática profissional (do Psicólogo) na saúde mental da rede pública de Joinville

Como tarefa da Semana da Psicologia, minha turma que está cursando a disciplina de estágio básico 1 teve a incumbência de organizar uma atividade para destacar a atuação do Psicólogo integrado na equipe multiprofissional, compartilho abaixo o cerimonial escrito pela Djenifer e por mim, algumas fotos e vídeo do evento. Neste ano a saúde mental […]

Refletindo sobre dois objetivos gerais da RAPS

Instada a refletir sobre a RAPS e o que ela trouxe de novo, de melhor, assim como sobre seus conceitos norteadores fundamentais, aproveito este espaço de reflexão para, assim como nos ensina Carl Gustav Jung ao afirmar que  “não existe certo ou errado, existe o que faz sentido e o que não faz sentido para […]

Importância da política em saúde mental durante nossa formação.

Olá, Bom dia !! Meu nome é Gabriella, tenho 23 anos, estou cursando minha pós graduação em enfermagem psiquiátrica e saúde mental na faculdade de ciências médicas da Santa Casa. Me formei em 2016 tive um grande caminho antes de iniciar a minha pós. Sempre tive dúvidas em relação a profissão que estava escolhendo, se […]

Apresentação pessoal e revisão sobre o papel do enfermeiro no eixo da Raps

Olá a todos, me chamo Felipe Gustavo da Fonseca, sou acadêmico da pós graduação do curso de Enfermagem psiquiátrica e saúde mental, pela faculdade de ciências médicas da Santa casa de São Paulo, tendo como professoras orientadoras: Luciane Régio e Carol Ballan. A enfermagem no eixo da Raps: De acordo com a lei 10.216/2001 que […]

CAPS: Um modelo humanizado de cuidar da saúde mental

Bem diferente dos antigos manicômios cercados de altos muros, os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) surgiram como espaços que buscam o tratamento interdisciplinar de pessoas com transtornos mentais graves, como a depressão, bipolaridade e dependência química. Os funcionários não utilizam uniformes ou jalecos, o ambiente é tomado pelo colorido das peças produzidas nas oficinas de […]

Uma porta, várias saídas: resgatando a cidadania

O Estado do Piauí através de ações articuladas entre as Secretarias de Estado da Justiça e da Saúde, tem inovado quanto a atenção à saúde das pessoas com transtornos mentais em conflito com a Lei, no Sistema Prisional do Estado. Numa decisão conjunta com o poder executivo e judiciário, em outubro de 2017, lançou a […]

Atraso no pagamento da Bolsa Auxílio do Programa de Volta para Casa

Segundo nota informativa do Ministério da Saúde a Conta Bancária do do PVC está bloqueada por ordem judicial. Já é a terceira vez que esse tipo de bloqueio ocorre, sendo que agora o pagamento está atrasado desde o dia 24 de agosto. São cerca de 5000 usuários em todo o país que contam com essa […]

I ENCONTRO MUNICIPAL DE CAPSIJ DA CIDADE DE SÃO PAULO – 19 E 20 DE ABRIL DE 2016 – Recordemos as pessoas e as criações preciosas

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/chamadas/anaisiencontromunicipaldesaudementalinfantojuvenil22122016_1482430629.pdf   retirado do mural de nossa querida Silvana Rabello: Silvana Rabello 4 de janeiro ·    https://www.prefeitura.sp.gov.br/…/anaisiencontromunicipalde… “Belíssimo documento pensando no cuidado às crianças e jovens de nossa cidade….obrigada a todos que trabalharam nisso!!!”   I ENCONTRO MUNICIPAL DE CAPSIJ DA CIDADE DE SÃO PAULO – 19 E 20 DE ABRIL DE 2016   Apresentação […]

Lembranças do 4º Curta Loucura!

Deixo aqui o registro deste evento  que o curso de Psicologia da ACE/FGG em conjunto com os Serviços de Saúde Mental de Joinville, realizou no dia 18/05/2017: a 4ª Edição do Curta Loucura onde foram desenvolvidas de forma dinâmica e interativa atividades e exposições sobre a importância da saúde mental e a luta antimanicomial. ,