Rejane Guedes

Membro desde: 25/04/2010   |   438 VOTOS

Interesses:

Considero-me uma 'aprendente' em processo educativo nas trilhas cartográficas do viver..

 

 

Formação:

Nutricionista do Hospital Regional de São José de Mipibu (SESAP-RN), Graduada em Nutrição (UFRN), com especialização em Nutrição Social (UFRN); Mestre em Ciências Sociais (PPGCS-UFRN); Doutoranda em Ciências Sociais(PPGCS-UFRN).

 

Bem [email protected] ao Seminário NORDESTE da PNH.

Bom dia! Hoje (26/11/12) iniciaremos o Seminário Regional da PNH Nordeste. A Cidade do Natal/RN acolhe com um belo amanhecer os 200 apoiadores e consultores que estarão reunidos no Hotel Imirá Plaza. BEM [email protected]    

V Encontro dos Editores da Rede HumanizaSUS

Algumas imagens dizem mais do que mil palavras, mas as palavras ajudam a expressar algumas nuances que a imagem não revela. Nesta foto, podemos notar a escadaria da Faculdade de Medicina da USP, que acolheu o V Encontro dos Editores da Rede HumanizaSUS nos dias 2 a 4 de agosto de 2012.   Além de […]

Me disseram que esse escrito daria um post. [Será???]

POSTAREI EXPERIMENTALMENTE: Nesses dias de ‘faxina da alma’ tenho lido o livro Caos. Talvez muito do que trata o autor Hakim Bey esteja mexendo com a poética do meu existir… (Ricardo, você é um Terrorista poético por indicar esse livro!) Não sei onde pousarei após tantos vôos. Sinto-me um ‘albatroz’ que abriga camundongos curiosos entre […]

Sobre Saltos, Versão 2011, quase 2012.

Conversando com um grupo de [email protected] escrevi esse pequeno conto, que por sua vez é uma ‘bricolagem’ de outros contos que povoam nosso imaginário.   Quando nos referimos ao  trabalho coletivo, minha memória conectou-se com a historinha de um sapo, que certa vez ousei reescrever. (É! Me refiro àqueles sapinhos verdinhos, que de vez em quando se […]

Usuário, Cliente ou Paciente?

Boa noite carí[email protected] integrantes da redehumanizasus. A partir de um apelo que chegou à rede através de um Formulário de Contato (FC), trazemos para esse espaço virtual uma questão aparentemente simples, mas repleta de interpretações, sentidos e opiniões. O remetente pergunta: “[…] devemos tratar pacientes e acompanhantes pelo termo clientes ou usuários?” E complementa: “[…]  […]

‘Zaratustreando’…

[email protected] Passados os momentos de nascimento desse bebê chamado 2012, retomamos nosso caminhar com afazeres, rotinas, entusiasmos, angústias, medos, anseios, conexões, desconexões e tudo o mais que nos fazem pessoas em trânsito pelo rio da vida.  Ao ler alguns textos postados por companheiras de nosso Tecendo Redes na PNH do RN fiquei lembrando das palavras […]

“Sou a BEIRA. Estou lá, estou cá, Estou em todo lugar…”

    Para trazer à cena da RHS mais aspectos das desigualdades sociais, peço licença para transformar um comentário em post, apresentando o documentário ESTAMIRA, produzido por Marcos Prado em 2006, aqui no Brasil. Estamira mexe com nossas formas costumeiras (e "consumeiras") de ver e lidar com o mundo. https://www.youtube.com/watch?v=v9ik-M5k0K4 Segundo Estamira: – Isso é […]

Lobos em pele de cordeiro.

Passeando pelas praias da memória, revisito um tema que instiga quando nos referimos ao comportamento dos outros, mas afasta quando o espelho se volta para nós mesmos. O tema a que me refiro diz respeito às atitudes frente a uma prática denominada ‘lobismo’. O termo lóbi é derivado do inglês lobby, que é o nome […]

O que pode um COLETIVO?

Bom dia [email protected] Compartilho uma sequencia de impressões captadas ao longo de nossa jornada enquanto coletivo RHS. 1) Façamos o seguinte: Sejamos razão com sensibilidade; arte com Ciência; sejamos despolarizados. Que o ENTRE seja espaço construtivo dos nossos saberes e práticas. Sejamos ação… sem perder a emoção. 2) Uma Inspiração para nossas inventividades: A formiguinha […]

Ficção ou realidade?

Estamos em um admirável mundo novo? Essa é a pergunta que hoje não quer calar… Se me perguntarem,– O que isso tem a ver com a saúde? Peço que analisem as implicações dessa ‘moldagem’ do homem-consumidor em seus modos de viver, de adoecer e de morrer. Saudações ficcionalmente sociológicas.                     Vamos ao texto, elaborado após […]