Tag » biopolítica

Análogos de ação lenta no SUS: para que nossas vidas não sejam breves memórias de corpos doentes

Compartilho neste post o teor do relato de experiência que enviei para a Consulta Pública nº 81/2018 da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias ao SUS (CONITEC) do Ministério da Saúde a respeito do fornecimento de insulinas análogas de ação prolongada para tratamento de pessoas com diabetes tipo 1 pelo SUS. Um resquício de abertura democrática […]

a biopolítica na era farmacopornográfica

   A editora n-1 ( pronuncia-se ene menos um ) lançará mais um livro da filósofa espanhola Paul Beatriz Preciado no dia 27 de abril, às 19 horas, no Al Janiah. Trata-se de uma ativista do movimento queer ( doutora em Teoria da Arquitetura pela Universidade de Princeton e mestre em Filosofia Contemporânea e Teoria de Gênero […]

Lei 13.438/2017 – uma discussão de caráter ético-político urgente é preciso

  Uma discussão fundamental vem tomando as redes virtuais e territoriais, palco de todos os assuntos que se referem aos cuidados com a infância e os efeitos ético-políticos de deliberações sem um foro de análise mais amplo e democrático.   Trata-se da promulgação da lei 13.438/2017, que, ao incluir “um parágrafo ao Artigo 14 do […]

Todo o poder de controle circula entre o povo, que o exerce através de dispositivos disciplinares do corpo e reguladores da população

[email protected] [email protected] da Rede HumanizaSUS. Compartilho aqui com vocês algumas reflexões a partir da leitura do último capítulo do livro “História da sexualidade 1: A vontade de saber” de Michel Foucault, para a disciplina de “Estudos de Biopolítica e Saúde”, da pós-graduação da Faculdade de Medicina da USP, sob coordenação dos Professores Ricardo Rodrigues Teixeira […]

Reflexões biopolíticas – Rotas de fuga dos pacientes (des)controlados

O QUE REVELAM AS NARRATIVAS DOS USUÁRIOS DA SAÚDE NA INTERNET SOBRE OS DISPOSITIVOS DE CONTROLE DA SOCIEDADE?     [email protected] [email protected] da Rede HumanizaSUS. Compartilho aqui com vocês algumas reflexões transpostas para o trabalho final da disciplina de “Biopolítica e micropolítica na produção de modelos tecnoassistenciais”, da pós-graduação da Faculdade de Saúde Pública da […]

Idealismo, obscenidade, política e moralismo

A exposição, em imagens de alta definição, de dois tipos de obscenidade – as do cotidiano da política e as das entranhas da fisiologia humana – permite um olhar sobre a maneira como suportamos a percepção e a narrativa do que chamamos de realidade.  O fenômeno da interação entre manifestações de massa e redes sociais […]

Reflexões biopolíticas – O conhecimento e o exercício de poder sobre os corpos (ou Como produzir novas verdades a partir das nossas experiências de vida?)

[email protected] [email protected] da Rede HumanizaSUS.    Compartilho aqui com vocês algumas reflexões a partir da leitura do primeiro texto do livro “Em defesa da sociedade” (aula de 07 de janeiro de 1976 de Michel Foucault no Collège de France), e também as anotações feitas durante o debate com os demais colegas da disciplina de “Biopolítica e micropolítica […]

Audiência Pública na Assembléia Legislativa de São Paulo sobre os processos de medicalização da vida

  Mais uma audiência para debater o fenômeno e buscar subsídios para a construção de políticas públicas mais afeitas ao respeito à vida. Segundo o Fórum sobre a Medicalização da Educação e da Sociedade, a medicalização foi definida coletivamente no I Congresso Internacional sobre a Medicalização em São Paulo como segue Entende-se por medicalização o […]

A barbárie de um país nas palavras e no silêncio que se dizem: o sangue da pietà.

  Poderia ficar apenas na beleza literária do texto publicado por Eliane Brum em El País (https://brasil.elpais.com/brasil/2016/06/20/opinion/1466431465_758346.html), se isto não fosse também um esvaziamento da palavra, como ela com maestria disserta, tão bela, tão poética, mas de uma contundência arrepiante, que enregela a alma, enrijece o corpo e faz a dita consciência envergar num peso […]

Recomendações de práticas não medicalizantes no trato com a saúde na infância viram curso em 2016

foto: Nego Miranda     As RECOMENDAÇÕES DE PRÁTICAS NÃO MEDICALIZANTES PARA PROFISSIONAIS E SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO E SAÚDE serão objeto de um curso de expansão no SEDES SAPIENTIAE como resposta às necessidades de se instrumentalizar a formação e as intervenções no campo da saúde na infância e juventude.        período: 03/09/2016 a 29/10/2016 inscrições: […]