Tag » acolhimento por classificação de risco

Política Nacional de Humanização – o que é? como implementar?

[email protected] Iniciamos, em agosto de 2008, a divulgação periódica de sínteses de diretrizes e dispositivos da Política Nacional de Humanização (HumanizaSUS), por meio de perguntas e respostas, na janela “Dicas em Saúde” – Área Temática Humanização – Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Na página 8, do documento anexo, consta a primeira divulgação.   Com o passar do […]

Mário Gatti: quando bons encontros produzem mais e melhor saúde

Investindo no Acolhimento, Gestão Participativa e Valorização do Trabalhador, hospital municipal de Campinas (SP) tornou-se referência nacional em humanização   Campinas é uma cidade marcada por encontros. Cortada por algumas das mais importantes rodovias do estado de São Paulo, a cidade está situada num dos principais entroncamentos rodoviários do Brasil, o que explica em parte […]

Acolhimento com Classificação e Avaliação de Risco na Universidade Estadual do Norte do Paraná – campi Bandeirantes

Iniciou-se na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus Luiz Meneghel, Bandeirantes-PR  um projeto de pesquisa denominado Urgência e Emergência: Acolhimento com Classificação e Avaliação de Risco. O projeto, também conhecido como PROJETO ACAR partiu da iniciativa de um Professor do curso de enfermagem da UENP (José Ap. Bellucci Júnior), que através da experiência adquirida pela participação na implantação […]

Londrina tbem tem AACR

Sou enfermeira e trabalho desde 2007 com a PNH, digo que é uma experiencia e tanto cheia de grandes desafios, é preciso muita dedicação e perseverança da equipe envolvida pois infelizmente a rede de atenção não está pronta como deveria para absorver e acolher de fato os usuários do SUS.É trabalhoso mas vale a pena, […]

Acolhimento com classificação de risco é notícia no DF

Desde a primeira semana de janeiro, os usuários do SUS que procuram o Hospital de Base do Distrito Federal estão sendo atendidos de maneira diferente. O acolhimento com classificação de risco está alterando a rotina do hospital que é referência em casos de média e alta complexidade. Para implantação dessa novidade, foi preciso capacitação e […]

Protocolo para Rede SUS Teresina

O presente Protocolo é uma ferrementa que tem por finalidade instrumentalizar os profissionais de saúde da rede SUS Teresina no Acolhimento com classificação de risco. Está publicação foi resultado de um trabalho coletivo de um grupo de profissionais do Hospital de Urgência de Teresina – HUT/ Fundação Municipal de Saúde- FMS, que contribuiram com este […]

HumanizaSUS na luta pela redução da mortalidade infantil e materna

Entre os  dias 17 e 18 de novembro aconteceu em Brasília – DF a primeira oficina para tratar do Plano de Qualificação da Atenção em Maternidades e Rede Perinatal no Nordeste e Amazônia Legal, com base nos referenciais da Política Nacional de Humanização e das áreas técnicas Saúde da Mulher e Saúde da Criança. A […]

Acolhimento: difícil de explicar, fácil de reconhecer

  O conceito de acolhimento é difícil de delimitar positivamente. Uma definição positiva exige uma delicada construção de sentido. Exige esforço intelectual, leitura, referência e articulação com outros conceitos. Ou seja, é difícil de explicar para a maioria das pessoas. Alguns gostam do refinamento das idéias da mesma forma que outros poucos adoram o dos […]

CONSULTORAS DA PNH VISITAM MATERNIDADE DONA EVANGELINA ROSA EM TERESINA

A Maternidade Dona Evangelina Rosa, mais uma vez tem a honra de mostrar os frutos colhidos dentro da PNH em nosso estado através da nossa Consultora e hoje coordenadora da PNH, Drª. Annatália Gomes, recebemos mais uma visita. nesta ocasião a Drª. Marilene Wagner e Drª. Luciana que com um olhar técnico, percorreram nossa dependências, […]

I SEMINÁRIO TEMÁTICO DA PNH NO SUS PI: ACOLHIMENTO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO NAS PRÁTICAS DE ATENÇÃO E GESTÃO

A qualificação das práticas de atenção e gestão saúde tem sido um dos desafios para o SUS. Cuidar do repensamento dos processos de trabalho e das atitudes que envolvem os encontros nos territórios da saúde, implica uma permanente reflexão crítica e formação de redes coletivas na construção do SUS que queremos, de qualidade, humanizado e […]